Salmo 10 Para documentos perdidos, heranças…

O Salmo 10 faz revelações, ajuda encontrar documentos perdidos. Revela mistérios e ajuda em processos de Herança.

O Livro dos Salmos é composto de cento e cinquenta Salmos e tem como um dos principais objetivos, louvar e adorar ao Criador. Eles nos dão conforto nas aflições e ensinam a orar.

Vamos usar então essa força com o salmo abaixo usado para o nosso progresso, para libertação e proteção espiritual. Para Louvar o Criador e obter a sua benção.

Como usar este salmo para obter seus poderosos recursos de proteção e conquista de bens materiais e espirituais.

Primeiro imprima uma cópia do salmo ou escreva em uma folha em branco com sua própria caligrafia e faça a leitura do mesmo, após fazer a sua oração de preferência (Pai Nosso, Ave Maria, Credo, oração própria) e ao final da Oração o seu pedido mais urgente.

Faça por pelo menos 14 dias seguidos sempre no mesmo horário do primeiro dia. Não fure, se furar por qualquer motivo, recomece do zero.

Salmo 10 Para Revelações

Por que estás ao longe, SENHOR? Por que te escondes nos tempos de angústia?
Os ímpios na sua arrogância perseguem furiosamente o pobre; sejam apanhados nas ciladas que maquinaram.
Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e renuncia ao Senhor.
Pela altivez do seu rosto o ímpio não busca a Deus; todas as suas cogitações são que não há Deus.
Os seus caminhos atormentam sempre; os teus juízos estão longe da vista dele, em grande altura, e despreza aos seus inimigos.
Diz em seu coração: Não serei abalado, porque nunca me verei na adversidade.
A sua boca está cheia de imprecações, de enganos e de astúcia; debaixo da sua língua há malícia e maldade.
Põe-se de emboscada nas aldeias; nos lugares ocultos mata o inocente; os seus olhos estão ocultamente fixos sobre o pobre.
Arma ciladas no esconderijo, como o leão no seu covil; arma ciladas para roubar o pobre; rouba-o, prendendo-o na sua rede.
Encolhe-se, abaixa-se, para que os pobres caiam em suas fortes garras.
Diz em seu coração: Deus esqueceu-se, cobriu o seu rosto, e nunca isto verá.
Levanta-te, Senhor. Ó Deus, levanta a tua mão; não te esqueças dos humildes.
Por que blasfema o ímpio de Deus? dizendo no seu coração: Tu não o esquadrinharás?
Tu o viste, porque atentas para o trabalho e enfado, para o retribuir com tuas mãos; a ti o pobre se encomenda; tu és o auxílio do órfão.
Quebra o braço do ímpio e malvado; busca a sua impiedade, até que nenhuma encontres.
O Senhor é Rei eterno; da sua terra perecerão os gentios.
Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles;
Para fazer justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem da terra não prossiga mais em usar da violência.

Salmos 10:1-18

Descubra mais sobre os salmos

Nas versões que seguem a Vulgata tem uma divisão diferente da que segue a original hebraica. Assim o Salmo 23 na versão católica é de número 22, isso ocorre porque a LXX une os Salmos 9 e 10 e o 114 é unido ao 115 e passa a ser 115. O 115 é dividido em dois com o número 147.

O Nome Salmos…

Em hebraico o nome é ”Sefer Tehilin”, que significa “livro dos louvores”. O nome “Salmos” vem da língua grega “Psalmos”. O nome aparece na versão LXX como “Biblos Psalmon” (livro dos Salmos). No NT a palavra “Psalmon” aparece em Lc 24:42 e At 1:20. Os manuscritos gregos de um modo geral trazem o título “Psalmoi”, mas alguns os denominam “Psalterion” (saltério) que quer dizer “coleção de cânticos”. Na Vulgata o livro assume o nome de “Líber Psalmorum”.

Quem escreveu os Salmos???

São diversos os autores dos Salmos, embora sejam conhecidos como Salmos de Davi. A primeira pessoa a escrever um Salmo foi Moisés, em 1450 aC, os autores são:

– Davi – 74 salmos atribuídos a ele: 3 a 9, 11 a 32, 34 a 41, 51 a 65, 68 a 70, 86, 101, 103, 108 a 110m 122, 124, 131, 133, 138 a 145. Além desses a LXX atribui a Davi a autoria dos Salmos 10. 33, 67, 77, 91, 93 a 99 e 104. Em Atos 4:25 o Salmo 2 é atribuído a Davi. A Vulgata apóia o Salmo 67 e os manuscritos de Qunram apóiam o Salmo 104;

– Salomão – 2 Salmos de sua autoria: 72 e 127;

– Asafe – 12 Salmos lhe são atribuídos: 50, 73 a 83. Asafe era um mestre da música (I Cr 6:39) , era vidente (II Cr 29:30) e profeta (I Cr 25:2), no tempo de Davi;

– Filhos de Core -11 Salmos: 42, 44 a 49, 84, 85, 87, 88. O Salmo 43 pode ser também de sua autoria, parece ser a continuação do Salmo 42, por seu estilo literário. Os descendentes de Core eram levitas do templo e serviam como porteiros (I Cr 26) e cantores;

– Eta-Ezraita – 1 Salmo: 89. Este era sábio (I RS 4:31) e cantor (I Cr 15:19);

– Moisés – 1 Salmo: 90; e

– Anônimos – 50 Salmos são anônimos. Destes estão incluídos os Salmos de Esdras, Ageu e Zacarias.

O estilo de cada salmista

– Os Salmos atribuídos a Davi são, em sua maioria, pedidos de auxílio em todas as aflições, de modo especial nas enfermidades e nas perseguições;

– Os Filhos de Core tem por tema central o culto, o templo e a cidade santa;

– Os Salmos de Asafe são cânticos nacionais ou didáticos que celebram o triunfo ou deploram a derrota de todo o povo e tem por fim ensinar verdades morais;

– A coleção anônima compõe-se, na maioria, de hinos de louvor ou de ações ao Senhor.

Fontes:
Wikipedia
Bíblia Sagrada
gigliologia.blogspot.com/

Deixe um comentário